Franquia financeira ou marca própria? Descubra qual é a melhor opção

Franquia financeira ou marca própria? Descubra qual é a melhor opção

Uma das etapas iniciais do processo de abrir uma loja de crédito consignado é optar por uma franquia financeira ou investir em uma marca própria. Essa escolha é crucial para definir o futuro do seu empreendimento, já que, ao abrir uma franquia, você fará parte de uma empresa já consolidada no mercado e terá suporte no empreendimento com uma marca própria, a empresa e a marca são  suas, bem como todo o processo que envolve vendas e gestão.

Para te ajudar nessa decisão, listamos os diferenciais de ambas em cada aspecto relevante do negócio para que você possa comparar e decidir qual é a melhor opção para você! É importante que esse parecer seja baseado nas suas expectativas para o novo investimento e no seu perfil de empreendedor.

Uso de marca e know-how

– Marca própria

Quando você escolhe abrir um negócio próprio, o nome, a identidade visual, os valores, a missão e a visão da marca serão criações suas e você possui liberdade para que todos os detalhes sejam desenvolvidos conforme o seu gosto e as suas crenças. O desafio aqui é tornar a sua marca conhecida e de confiança do público, fazendo  concorrência com grandes nomes do mercado.

Dessa forma, o marketing é um fator que precisa de atenção e investimento da sua parte, já que é crucial para a divulgação e reconhecimento do seu empreendimento perante o público. Caso não tenha domínio sobre o assunto, é provável que precise contratar alguém para cuidar dessa parte.

Além disso, o plano de negócios, que é essencial para guiar a operação da sua loja e relacionar as estimativas de rentabilidade, também é inteiramente responsabilidade sua, assim como as decisões financeiras e o sistema de vendas a ser utilizado, entre outros fatores.

– Franquia financeira

Ao integrar uma rede de franquias financeiras, você adere a uma marca já reconhecida e consolidada no mercado, com um público cativo que confia nos seus serviços. Por essa razão, você já inicia o empreendimento forte no mercado e com vantagem competitiva. A identidade visual, assim como todos os conceitos para criação, organização e desenvolvimento da gestão e da saúde financeira da loja são passadas a você.

Os investimentos em marketing são reduzidos no modelo de franquia, pois as empresas realizam as próprias campanhas a nível nacional e muitas ainda te apoiam nas suas campanhas regionais com material gráfico e estratégias personalizadas.

O plano de negócios é feito a quatro mãos: você e a franqueadora criarão esse planejamento juntos, utilizando o conhecimento e o histórico da franqueadora. A vantagem é poder contar com a expertise da empresa sobre o empreendimento e o mercado para definir as melhores estratégias de forma adaptada para a sua localização.

Mix de produtos

– Marca própria

Com a marca própria, você tem autonomia para criar a sua oferta de serviços e escolher quais bancos deseja representar, mas a associação às instituições financeiras deverá ser realizada por você, que deve passar pelo processo seletivo para correspondente bancário de cada uma. Dessa forma, você estará sujeito à aprovação dos bancos para que possa vender os produtos deles na sua loja.

Outro porém é que a aprovação dos seus produtos no mercado dependerá das estratégias que você desenvolver acerca do negócio, não havendo garantias de que surgirá demanda para a sua oferta. Por isso, será necessário testá-la. A sua expertise será adquirida conforme a sua experiência, o que torna o seu negócio mais vulnerável aos riscos do mercado.

– Franquia financeira

Em uma franquia financeira, o mix de produtos é amplo e já foi testado no mercado, não havendo necessidade que você corra os riscos relativos à aprovação perante o público. Ainda, não é preciso associar-se aos bancos, uma vez que esse processo foi realizado diretamente entre a empresa franqueadora e as instituições.

Suporte

– Marca própria

Não há qualquer tipo de suporte quando você decide abrir a sua própria loja de crédito consignado do zero, afinal, você não estará associado a nenhuma outra empresa. Sendo assim, não há suporte operacional, comercial ou estratégico e, caso se faça necessário, você deverá contratar um especialista para te auxiliar.

É importante ressaltar que os promotores de crédito da sua loja precisam ser treinados para conhecer bem os produtos comercializados e as regras de cada convênio e banco, além de estarem a par de todas as leis que implicam no seu negócio. Esse treinamento deve ser providenciado por você, podendo ser terceirizado ou não.

– Franquia financeira

O franqueado recebe apoio em todas as frentes do negócio, tanto antes da inauguração da loja, como no dia a dia. A empresa entende que o empreendimento é uma experiência nova para você e te auxilia para que tudo ocorra conforme planejado, garantindo a lucratividade da sua loja baseada nas melhores decisões para o seu negócio. Em algumas empresas, como na Empresta, esse suporte pode ir além, como você pode conferir aqui.

Na rede de franquias, o treinamento de produtos também não precisa ser uma preocupação: a empresa franqueadora o dispõe para você e para todo time de vendas de forma presencial ou online.

Investimento e retorno financeiro

– Marca própria

A essa altura, você deve estar se perguntando se o retorno do seu investimento compensa todos os desafios de iniciar esse empreendimento de zero. No entanto, não há como garantir que ele será positivo ou negativo. Em ambos os casos, o seu empenho e dedicação farão a diferença, mas, sem dúvidas, há um grande risco ao adentrar nesse mercado sem qualquer conhecimento sobre o segmento e sem ter a sua marca reconhecida. É necessário paciência e resiliência para empreender sozinho, mas o resultado pode ser compensador.

Também é importante considerar que, nesse caso, as previsões de custos são mais instáveis que em uma franquia, já que podem surgir gastos que você não estava contando ou que não possuía conhecimento da necessidade, o que pode resultar em valores gastos acima do esperado.

– Franquia financeira

Investir em uma franquia financeira definitivamente aumenta as possibilidades de alta lucratividade e de retorno do investimento em um prazo menor, graças à redução dos riscos de mercado, fruto do trabalho prévio realizado pelo franqueador em anos de experiência. O know-how repassado ao franqueado e o suporte oferecido também potencializam essa previsão.

Estando vinculado a uma rede de franquias, é mais fácil vislumbrar os lucros do seu investimento, já que há uma estimativa baseada no histórico das demais unidades franqueadas e no modelo de negócio de cada franquia. Além disso, todos os valores referentes ao investimento inicial são previamente mapeados, evitando sustos ou despesas inesperadas.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o prazo médio de retorno para investimento em franquias no Brasil é de 2 a 3 anos. No caso da Franquia Empresta, essa previsão diminui para uma média de 18 meses.

Sendo assim, fica evidente que investir em uma franquia financeira é um negócio altamente promissor, com potencial de lucro elevado e modelo de negócio sustentável. Portanto, se você ficou interessado em abrir uma franquia financeira, confira o nosso passo a passo para te guiar nesta nova empreitada rumo ao sucesso!

Posts Relacionados