Como aumentar o valor da minha aposentadoria?

Como aumentar o valor da minha aposentadoria?

O sonho de muitos trabalhadores é conseguir uma remuneração justa na aposentadoria, diante dos anos de contribuição e trabalho. No entanto, nem sempre o valor corresponde à expectativa, mesmo assim com algumas dicas é possível aumentar o valor da aposentadoria.

É importante ressaltar que o pedido pode ser feito tanto pelo segurado que ainda não recebe o benefício do INSS, quanto por aquele que já se aposentou. Para este, é estabelecido um período máximo de dez anos para a solicitação. 

Dessa forma, será feita uma revisão, onde o órgão analisará as novas informações. 

Prepare-se: É hora de rever todos os trabalhos já realizados 

Aumentar o valor da aposentadoria pode se dar em determinadas situações. Geralmente, o contribuinte tem os períodos de trabalho informados no CNIS, Cadastro Nacional de Informações Sociais. No entanto, pode faltar alguma informação sobre atividades exercidas. 

Por isso, um primeiro passo pode ser reunir informações sobre trabalhos já realizados. Seja período de trabalho no exterior, atividades como menor aprendiz, vínculos de trabalho informal e até serviço militar. Sendo importante reunir comprovantes de todos os trabalhos. 

Feito isso, é preciso ficar atento a algumas situações. Para auxiliar nessa busca, separamos os principais motivos que levam ao aumento de uma aposentadoria. 

Trabalho concomitante 

Uma atividade muito comum a algumas profissões, como médicos, professores, advogados. Trata-se de um trabalhador que exerce duas atividades ao mesmo tempo, como um dentista que trabalha em uma clínica e ao mesmo tempo em um hospital. 

Nesse caso, deve ocorrer a soma dos salários de contribuição. No entanto, há situações onde o INSS não faz realiza a soma, diminuindo assim o valor da aposentadoria. Por isso, o trabalhador pode pedir a revisão e aumentar o seu benefício mensal. 

Atividade Insalubre ou Perigosa 

Muitos trabalhadores dedicam-se durante certo período a uma atividade em local que traga risco à saúde, até mesmo expostos a substâncias químicas. Por algum motivo, mudam de área, não considerando os anos de exposição a esses riscos. 

Esse período pode significar um aumento no tempo de contribuição necessário para a aposentadoria. Variando pelo grau de risco ou gênero. Do mesmo modo, é importante ressaltar que vale para contribuições antes da Reforma da Previdência de 2019. 

Revisão da Vida Toda 

Outra possibilidade é pedir a Revisão da Vida Toda, onde é avaliada a possibilidade de incluir contribuições feitas antes de 1994. Muitos trabalhadores tiveram suas maiores contribuições antes do Plano Real desconsideradas com a transição. 

Muitos beneficiários conseguem o aumento da aposentadoria através da Revisão da Vida Toda, no entanto é preciso estar atento a cada caso específico. Dado que a questão ainda não é unanimidade pelos tribunais no país. 

Processos Trabalhistas 

Outro fator a se estar atento são as ações trabalhistas movidas contra antigos empregadores. Geralmente feitas para o reconhecimento de valores não pagos, alterações salariais ou reconhecimentos de vínculos empregatícios. 

O segurado deve então levar essas ações ao INSS para que sejam feitas as devidas alterações. Dessa forma, dependendo do processo e decisão, podem ser acrescentados salários mais altos e tempo de contribuição. 

Concluindo 

Caso comprovadas as novas informações levantadas, o segurado pode ter o direito ao aumento no rendimento mensal, assim como a receber atrasados referentes aos últimos cinco anos. 

Por isso, além de organização e planejamento, indica-se também a busca por um profissional especializado. Isso Aumenta as chances de conseguir o sonhado acréscimo ao valor da aposentadoria. 

Para mais conteúdo como esse acesse o nosso site . E conheça nossos serviços, contando com um atendimento especializado e atencioso. 

Posts Relacionados