Beneficiário LOAS: como funciona o empréstimo consignado?

Beneficiário LOAS: como funciona o empréstimo consignado?

Os pensionistas e aposentados do INSS podem receber um benefício que é conhecido como BPC (Benefício de Prestação Continuada) do LOAS. 

Esse benefício é destinado a pessoas que possuem mais de 65 anos de idade e também a pessoas com deficiência que comprovem ter baixa renda. 

Atualmente foi liberado um empréstimo para quem é beneficiário LOAS, desde que possua margem de 40% da renda mensal para que o pagamento da parcela do empréstimo não comprometa o valor recebido do governo. 

Se você quer entender um pouco mais sobre essa modalidade de empréstimo, como funciona, quem pode solicitar e quais cuidados você precisa ter antes de fechar o contrato, confira as informações que trouxemos a seguir: 

O que significa LOAS e BPC? 

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é uma iniciativa da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). Esse benefício da assistência social possui objetivo de oferecer um salário mínimo para idosos que possuam mais de 65 anos de idade ou para pessoas com deficiência independentemente da idade, que estejam em situação de miséria. 

Para conseguir o benefício, tanto a pessoa com deficiência quanto os idosos, precisam comprovar que possuem renda menor do que ¼ do salário mínimo por pessoa. 

Para que o benefício seja liberado, é necessário ir até o CRAS e estar inscrito no CadÚnico, mantendo o cadastro sempre atualizado. Além disso, para que a situação seja comprovada, o candidato passa por uma avaliação médica e social no INSS

Essa avaliação vai atestar que a pessoa com deficiência não possui condições de trabalhar para se sustentar, atestando a deficiência em longo prazo. 

Como funciona o empréstimo para beneficiários LOAS? 

O Benefício de Prestação Continuada não é considerado uma renda pela grande maioria dos bancos e instituições financeiras. Por isso, o empréstimo para quem é beneficiário LOAS é reduzido a poucas instituições. 

Isso porque a comprovação da renda é um fator que determina se o empréstimo será liberado ou não pelo banco, pois ela passa por uma análise financeira. 

Mas é possível que o candidato consiga cartões de crédito ou empréstimos, mesmo sendo beneficiário LOAS. Para entender se alguma dessas modalidades estão disponíveis a você, o ideal é entrar em contato diretamente com a instituição financeira para tirar suas dúvidas e analisar todas as opções disponíveis. 

Os processos são praticamente iguais a outras modalidades de crédito, onde o perfil financeiro do solicitante será avaliado, e quando comprovado, a solicitação é aceita. 

Quem é beneficiário LOAS pode pedir empréstimo? 

Antigamente, quem é beneficiário LOAS não podia solicitar empréstimos, ou seja, se você recebesse o benefício BPC não era possível que o valor fosse descontado disso. 

Como isso não era possível, muitas pessoas acabavam optando pelo empréstimo pessoal ao invés do consignado, que possui uma taxa de juros bem alta, fazendo com que as pessoas criassem dívidas. 

Atualmente foi aprovado que o empréstimo consignado esteja disponível para os beneficiários LOAS. As taxas de juros são iguais às taxas dos aposentados da previdência social, onde o desconto é feito direto do benefício do LOAS. 

Mesmo que essa possibilidade ainda seja uma medida provisória, o empréstimo é regulamentado pelo INSS. O beneficiário poderá ter apenas 40% do seu benefício comprometido para pagar a parcela do empréstimo. 

Esse tipo de modalidade de crédito possui taxas menores do que outras, e o prazo de pagamento também é mais estendido, podendo chegar até a 48 meses, dependendo da instituição financeira. 

No entanto, é muito importante que o beneficiário LOAS tenha cuidado e analise todos os pontos antes de finalizar o contrato, para ter certeza de que está solicitando o empréstimo consignado, e não o empréstimo pessoal. 

Além disso, é necessário sempre se atentar ao pagamento e valores das taxas, se vão compensar e se realmente estão iguais aos valores cobrados para os aposentados. O ideal é que você analise se não irá comprometer a saúde financeira, trazendo dívidas para o seu sustento. 

A partir de quando esse empréstimo está liberado? 

A medida provisória está em vigor desde o dia 13 de março de 2022, e por isso, já está valendo atualmente. 

Hoje em dia praticamente todos os bancos que são autorizados pelo Banco Central fazem esse tipo de empréstimo para beneficiários da LOAS. 

Cuidados que devem ser tomados aos solicitar o empréstimo para LOAS 

Como dissemos anteriormente, existem alguns pontos e cuidados que devem ser observados antes mesmo de finalizar o contrato do empréstimo para beneficiário LOAS. 

O primeiro deles é o Custo Efetivo Total (CET) do empréstimo, além das taxas de juros e também da anuidade cobrada do cartão de crédito. 

Todas as dúvidas devem ser tiradas antes mesmo de solicitar o empréstimo, bem como observar como será o parcelamento, as taxas e se o valor cobrado mensalmente não vai comprometer o seu orçamento. 

As ofertas oferecidas do empréstimo para beneficiários LOAS deve ser um ponto a se atentar. Por não ter nenhuma garantia, é válido analisar todas as taxas de juros que serão cobradas, verificando se essa decisão é coerente para resolver os problemas que você possui no momento. 

Se as margens de crédito forem muito altas, é válido se atentar e desconfiar disso, assim como se alguma etapa foi burlada durante a contratação do empréstimo. 

Como solicitar o empréstimo? 

Para que o beneficiário LOAS possa solicitar o empréstimo consignado, existem algumas etapas que devem ser cumpridas. 

A movimentação bancária precisa respeitar todos os requisitos do programa BPC para que o benefício não possa ser perdido. Todos os meses os beneficiários LOAS recebem um salário mínimo de acordo com as exigências do Benefício de Prestação Continuada. O principal requisito é ter renda mensal menor do que ¼ do salário mínimo. 

O empréstimo para beneficiários LOAS é uma modalidade de crédito interessante, pois as taxas de juros não são tão altas como outras modalidades de crédito. Desse modo, é interessante se atentar às parcelas e juros abusivos para que a saúde financeira não seja prejudicada. 

Por isso, esse é o momento. Se você deseja saber mais sobre o assunto, entre em contato conosco e solicite uma simulação! Temos uma equipe com profissionais completamente preparados para garantir o melhor atendimento. 

Posts Relacionados